Maio Amarelo, Outubro Rosa, Novembro Azul… assim como os demais meses do ano, Dezembro também ganha cor. Além do Vermelho que ressalta a importância da prevenção contra a AIDS; e do Laranja que traz o debate sobre o combate ao câncer de pele, o último mês do ano também é Dezembro Verde. Isso porque este é o mês dedicado ao enfrentamento aos maus-tratos e abandono dos animais.

A Organização Mundial da Saúde estima que existam 30 milhões de cães e gatos abandonados no Brasil. E, há 5 anos, a Confederação Brasileira de Proteção Animal realiza uma campanha para mudar esse cenário. Desde então, ações são promovidas pelo órgão e pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária para mostrar a importância da guarda consciente dos animais de estimação.

A presidente da Comissão de Bem-Estar Animal, do Conselho Federal de Medicina Veterinária, Kellen de Sousa Oliveira, explica o aumento dos abandonos de animais neste mês.

Kellen destaca algumas situações que levam ao abandono dos animais.

Além disso, deixar o bichinho sem comida, sem água, acorrentado, em local sujo ou fazer com que ele passe por qualquer experiência dolorosa como ferir e bater também são formas de maus-tratos.

A fundadora do Abrigo Flora e Fauna, que acolhe cães e gatos em situação de abandono, Orcileni Arruda, lembra que adotar um animalzinho é um ato de amor e paciência.

Para coibir maus-tratos aos animais domésticos, desde setembro, a pena para quem maltrata cães e gatos aumentou. Agora, esse crime prevê reclusão de 2 a 5 anos, mais multa e proibição de guarda. Antes, limitava-se a detenção de 3 meses a 1 ano, além da multa.

Fonte: Agência Brasil