O governo de São Paulo antecipou em 30 dias o calendário de vacinação contra a Covid-19 e prometeu imunizar toda a população adulta do estado até o final de setembro.

O anúncio foi feito pelo governador João Doria (PSDB) durante coletiva de imprensa no início da tarde deste domingo (13).

O governo paulista não explicou o que possibilitou a nova antecipação do cronograma, apenas afirmou que a alteração considera as próximas remessas de doses dos imunizantes que o estado irá receber do Ministério da Saúde: CoronaVac, Pfizer, AstraZeneca e Janssen.

“Esse é o maior avanço em toda a nossa campanha, neste momento. Quase 7,5 milhões de pessoas serão vacinadas em um mês no estado de São Paulo. O avanço é planejado com base em remessas de vacinas previstas pelo Programa Nacional de Imunização”, afirmou a coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Regiane de Paula.

“Nós temos, hoje, aqui no território já, a vacina do Butantan, a vacina da FioCruz e temos a vacina da Pfizer. Aguardamos uma chegada da Janssen, que deveria chegar entre ontem e hoje, não chegou e deve estar chegando nas próximas 24 horas. Então, teremos 4 vacinas a partir de amanhã”, completou Regiane.

Veja as novas datas de vacinação:

  • 50 a 59 anos: 16/06 a 22/06
  • 43 a 49 anos: 23/06 a 29/06
  • 40 a 42 anos: 30/06 a 14/07
  • 35 a 39 anos: 15/07 a 29/07
  • 30 a 34 anos: 30/7 a 15/8
  • 25 a 29 anos: 16 a 31/8
  • 18 a 24 anos: 1 a 15/9

Fonte: G1.com